2 Cool 2 Care

Alternative,Folk

Users Score
100
2 Cool 2 Care
Alternative,Folk
Users Score
100


Artista

PRAYØR

Tipo

single

Produção

PRAYØR

Composição

PRAYØR

Lançamento

14/03/2021

Vendas Ver tudo

1,909,790
US 190,979
UK 38,196
ASIA 572,937
EUROPA 95,490
LATIN 572,937
OCEAN 267,371
CANADA 38,196
OUTROS 133,685

Streams

206,998,069

Mediabase

+ 87,299


banner

A faixa é uma crítica sobre as gerações e suas interações entre elas, abordando uma visão em dois ângulos. Por um lado, o intérprete se limita com as características de sua geração sucessora por possuir uma visão muito vaga sobre a vida. E por outro, faz uma crítica para que as pessoas sejam mais firmes com suas verdades e escolhas para que as gerações do futuro possam completar esse ciclo. Em um aspecto geral, a canção aborda uma situação da realidade, onde as pessoas estão muito cegas para se importar com suas origens e costumes. É um apelo para mostrar que tendências ou influências não são a chave para encontrar o seu próprio contentamento, mas sim o autoconhecimento de si e as situações que vivência com outras pessoas.

[Verse 1]
I don't have a nickname to call me
Even if this could work like a key
Doesn't act the same way to call me for tea
Have things always been that way?
People with so much but nothing to say
Kindnesses to pay day by day...

[Verse 2]
Perhaps I have lost myself in time
Where meeting was not deemed a crime
Tracking the swarm flow was never essential
Letting know that you're different is a potential

[Pre-Chorus]
It's just another week free of clutter
Cause it's too late to mourn and suffer
That's no longer in fashion
The trend now is to act on impulse and passion
Planning for life has never been more needed
On a world where you are constantly cheated

[Chorus]
Who cares anyway, right?
Nobody owns the story I write
And much less what I fight for
People are too cool to care about it
These are not subjects they permit
People are too cool to care about it
In such cases they are always able to quit
People are too cool to care about it

[Verse 3]
The sky is blue and the leaves are green
Obvious things like this may not be seen
Cause nothing is like before and never will be
Our perspectives change what we agree
Habits can easily become disused
Lessons may leave us confused

[Verse 4]
On the other hand it is all a matter of choice
No one is able to speak from their own voice
Generations change but the mind is the same
Which is about the one who doesn't live with shame
It's also not living with blame

[Pre-Chorus]
But it's just another year free of chains
And maybe a cycle to not worry about the pains
It's a difficult task to understand the situations around
And learn slowly lessons that open their own wounds

[Chorus]
But do I care anyway?
There are no more conflicts to be awake
Much less someone to forgive my mistake
People are too cool to care about it
Between them, they have no griefs to submit
People are too cool to care about it
Discussion is too pointless to commit
People are too cool to care about it

[Bridge]
The only reason to fight for our sanity
It's so that the future stops being fantasy
Cause a generation is only born with changes
And our history turns into pages
This cycle cannot have an end
Let fate become your friend
We are only who we are due to the past
Don't let this be the last

[Chorus]
After all, we should care
The future is uncertain and it could scare
It is a load too great to stop not being aware
But people are too cool to care about it
A bet so hard that no one can hit 
But people are too cool to care about it
This hope exists but nobody transmit
Cause people are too cool to care about it

[Verso 1]
Não tenho um codinome para me denominar
Mesmo que isso possa funcionar como uma chave
Não age da mesma forma que me chamar para um chá
As coisas sempre foram dessa maneira?
Pessoas com tanto mas sem nada para dizer
Gentilezas a se pagar dia após dia...

[Verso 2]
Talvez eu tenha me perdido no tempo
Onde se conhecer não era considerado um crime
Seguir o fluxo do enxame nunca foi essencial
Mostrar que você é diferente é um potencial

[Pré-Refrão]
É só mais uma semana livre de influências
Pois é muito tarde para se lamentar e sofrer
Isso não está mais na moda
A tendência agora é agir por impulso e paixão
Marcar planos de vida nunca foi tão necessário
Em um mundo onde se vê constantemente enganado

[Refrão]
Afinal, quem se importa?
Ninguém é o dono da história que escrevo
E muito menos naquilo que luto
As pessoas são muito legais para se importar com isso
Não são assuntos que elas se deixam permitir
As pessoas são muito legais para se importar com isso
Nessas situações estam sempre aptas a desistir
As pessoas são muito legais para se importar com isso

[Verso 3]
O céu é azul e as folhas são verdes
Coisas óbvias assim podem não ser vistas
Pois nada é como antes e nunca mais será
Nossas perspectivas mudam o que concordamos
Hábitos podem se desacostumar facilmente
Lições podem nos deixar confusos

[Verso 4]
Por outro lado é tudo uma questão de escolha
Ninguém é capaz de falar por sua voz
As gerações mudam mas a mente é a mesma
Que é sobre aquele que não vive com vergonha
Também não vive com culpa

[Pré-Rerfrão]
Porém é só mais um ano livre de amarras
E quem sabe um ciclo para não se preocupar com as dores
É uma tarefa difícil entender as situações ao redor
E conhecer aos poucos lições que abrem suas próprias feridas

[Refrão]
Mas afinal, eu me importo?
Não existem mais conflitos para se ficar atento
E muito menos alguém para perdoar o meu erro
As pessoas são legais demais para se importar com isso
Entre elas não possuem mágoas a submeter
As pessoas são legais demais para se importar com isso
Desavenças são inúteis demais para se comprometer
As pessoas são legais demais para se importar com isso

[Ponte]
A única razão para lutarmos pela nossa sanidade
É para que o futuro deixe de ser fantasia
Pois uma geração só nasce com mudanças
E nosso passado passa a se tornar páginas
Esse ciclo não pode ter um fim
Deixe que o destino se torne seu amigo
Só somos quem somos por conta do passado
Não deixe que este seja o último

[Refrão]
Pois afinal, devemos se importar
O futuro é incerto e ele pode nos assustar
É uma carga grande demais parar não ficarmos cientes
Mas as pessoas são legais demais para se importar com isso
Uma aposta tão difícil que ninguém consegue acertar
Mas as pessoas são legais demais para se importar com isso
Essa esperança existe mas ninguém a transmite
Porque as pessoas são legais demais para se importar com isso

Executive Producer: Paulo Gama Chapelle in association with Societá Del Suono™
© 2021 Societá Del Suono. Distributed by Millennium Music Label Group LLC, all rights reserved.

Comentários


jacob

hinerrimo

Penelope

IN LOVE COM ESSA MUSICA HINOOOOOOOO

RemyC

queen of alternative

AlecWeaver

Legend Plssssss

Sakura

ficou tudo muito lindo prayor-chan! parabéns pelo trabalho!

MOE

girl period

AnnaF

Uma musica de respeito, amo tanto esse homem

jolly

Reii, tudo lindo, sucesso!!

Colen

AAAAAAAAAAAA, minha favorita! Os sininhos. ❤️❤️

SanaDawnThomas

meu deus tá tão lindooo, amei o visual e o hino animado você é o maior!

Jaehyuk

Que canção espetacular Prayor! Você sempre me surpreende em seus lançamentos. As mensagens que você mostra em suas músicas são inspiradoras e refletivas, sempre repelem em meu dia a dia. Obrigado por esse lançamento.

LASHAE

seu gostoso